Terça-feira, 1 de Janeiro de 2008

Benvindo...

... ano novo de 2008! Já era tempo de chegares!

 

Nunca uma mudança

foi tão desejada,

como o 'encher da pança'

de forma desvairada.

 

Vira a página do calendário

Mais um ano se iniciou,

Num tempo já lendário

e mais antigo que o Richelieu.

 

Novo dia, novo alento

Novo raiar do sol, nova fortaleza

Enche-se os peitos de vento

E as almas de beleza.

 

2008 com tudo para vencer

É no esforço de todos, desejo,

Muitos textos e livros, escrever

E prolongar a vida com um beijo.

 

 

Desgarradas do Rbobson - 2008

 

Tags Silenciosas...: , , ,

publicado por Jv às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Para...

Para os que eu amo,

para aqueles de quem eu gosto muito,

para aqueles de quem eu gosto,

para os que eu ainda não gosto mas que me vou esforçar para gostar.

Para os do meu clube,

para os dos outros clubes, incluindo aqueles que são do clube que eu não gosto e que não me vou esforçar por gostar,

para aqueles que me enviam e-mails matinais insultando o meu clube!!

Para os que são meus colegas e companheiros de esforço,

para os que são meus colegas de sobrevivência.

Para aqueles que me compreendem,

para os que ainda não me compreendem mas que eu acredito que também eles farão um esforço para me compreender,

para os que gostariam de me compreender.

Para os que lêem muito,

para os que não lêem nada,

para aqueles que não lêem o mesmo que eu, mas que eu adorava que lessem algumas coisas que eu li.

Para aqueles a quem nem sequer falei durante um ano inteiro mas que

acreditam que eu me lembro deles,

para os que já me esqueceram.

Para os que me ajudam a viver dias bonitos,

para os que me ajudam, às vezes apenas com uma palavra, a superar os dias agrestes.

Para todos e cada um de vós, escolhidos e pensados para receberem este texto, eu desejo-vos tudo de bom e ainda mais alguma coisa.

 

(Recebi isto por e-mail e gostei. Publico. Abraço)

Tags Silenciosas...: , , ,

publicado por Jv às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Insignificância

Nós somos insignificantes,

Julgando-nos o centro,

Embora por instantes,

Só nos reste o degredo.

 

A inteligência não serve,

Para saber o que fazemos,

E o cérebro ferve,

Sem saber o que dizemos.

 

Olhamos o infinito,

Pensando ser moda,

E damos um grito,

Para fugir a esta roda.

 

Esta horrível leveza do ser,

Transporta-nos além real,

E faz-nos então querer,

Fugir ao que é banal.

 

A tristeza desta vida,

É o que os outros nos fazem,

Por mais que nos digam ainda,

Que nos amem…

Rbobson

Tags Silenciosas...: , ,

publicado por Jv às 21:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Imortalidade

Se somos imortais,

Porque morremos?

São a essas questões tais,

Que não respondemos.

Não respondemos,

A essas questões tais:

Porque morremos

Se somos imortais?

 

É morte realista!

É morte espiritual!

A primeira é narcísica.

A Segunda é total.

A verdadeira morte,

Para além da solidão,

Tem pago o porte,

Da frieza do coração.

 

Oh! Clemência da virtude,

Da aceitação da frivolidade,

Fica o povo de coração rude,

Ao descobrir a verdade.

Da evidência da vida,

À certeza da morte,

A necessidade, é com dores “parida”,

Sem descontos e nenhum corte.

Rbobson

                                                                      

Tags Silenciosas...: , ,

publicado por Jv às 17:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

O Choro e a mudança

Vi chover, gota a gota,

Caiam os pingos da chuva.

Assim caíam os pingos,

Da minha tristeza.

 

E gota a gota,

Sem sentido nem direcção,

Deste modo caíam,

As lágrimas do meu coração.

 

E caíam os pingos de chuva,

Ferozmente no chão,

Saindo de não sei onde,

Talvez de algum coração.

 

A chuva parou.

Dissiparam-se as nuvens,

Veio o sol, a alegria, a paz,

E a tristeza desapareceu.

 

Abri a janela,

E um cheiro a terra molhada,

Invadiu o meu ser…

Um raio de sol tocou-me.

 

E sentindo alegria,

Amor, esperança e paz,

Com um lindo dia…

Apeteceu-me viver!!!

 

E quando relembro,

A chuva que caía,

Percebo o porquê,

De tanta alegria.

 

E ao pensar,

Que não estou só,

Sinto-te bem perto de mim,

Completando a minha alegria.

Rbobson

 

 

 

Este poema, que escolhi do meu 'reportório', não revela o meu estado de espírito, mas revela o que me vai no coração. Tenho andado pesaroso e com um peso, um fardo no meu coração. Alguns, ao lerem isto, poderão pensar se eu me estaria a arrepender de alguma decisão recente, ou dos últimos meses, mas não. É apenas por ver no que este mundo se tem tornado, desde os tempos da minha feliz e doce mocidade. Nem é preciso, ir muito longe. Basta olhar para o nosso país e para ver o que se passa, o que anda no ar, para ficar logo com um fardo muito grande no meu peito.

Contudo, não sou dos que não têm esperança. Eu tenho. Eu sei em quem creio e sei até onde poderei ir e como as coisas podem mudar. Tudo depende de mim.

Aliás, todas as mudanças e melhoramentos dependem sempre de cada um de nós. Lembre-se sempre, que fazer a diferença, começa sempre pela nossa própria vida.

As decisões estão na nossa mão. Tome-as sabiamente, ponderando sempre o futuro.

 

Silêncio da Música: Mudar é preciso!
Tags Silenciosas...: , , , , , ,

publicado por Jv às 12:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Alterego...

Pois é... estava eu a ler o blog da Ticha, quando me deparei com este Post dela de 5.ª Feira dia 28 de Junho...

E aproveito para vos perguntar:

Quem é o vosso alterego? Será que têm consciência da influência de tal parâmetro no vosso carácter? Já repararam que somos o que somos, em função do que gostaríamos de ser, mesmo em situações de adversidade?

Pensem nisso e Comentem. Conforme comentarem e proporem, edito este post e acrescento o(s) vosso(s) alterego.

O que é o alterego? É isto!

Por exemplo:

Batman é o Alterergo do Bruce Wayne (Certo!)

Clark Kent é o Alterego do Kal - El (Super - Homem)

Super - Pato é o Alterego do Donald (Belo exemplo!)

José Castel - Branco é o Alterego do Manuel Luís Goucha (WTF???)

Cicciolina é o Alterego da Vaquinha 'Mimosa' (LOLLLLLLLL)

Alberto João Jardim é o Alterego do Monstro do 'Loch Ness' (ROTFL)

Pinto da Costa é o Alterego do Papa Bento XVI (Meu Deus...)

Entre muitos outros...

Até eu tenho 'Alterego' e posso colocá-los aqui:

João Viegas é o Alterego #1 de Rbobson

Darth Vader é o Alterego #2 de Rbobson

Thor é o Alterego #3 de Rbobson

Vá lá, não tenham vergonha!

 

Abraço

Hoje estou: Indestrutível, pá!
Silêncio da Música: É A MESMA, SIM!
Tags Silenciosas...: , ,

publicado por Jv às 09:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 12 de Junho de 2007

O Regresso silêncioso...

Depois de mais de 1 mês sem postar aqui, pelas mais variadas razões que poderão imaginar (ou até não), eis que volto para continuar a dar força ao meu querido Blog.


Informo que estão abertas as inscrições para mais um bloguista aqui. Ou seja, quem quiser só tem de o dizer nos comentários, pois estou interessado em ter uma segunda pessoa a postar aqui no silêncio.


Hoje é apenas mais um dia, marcante, de regresso ao normal, de forma que pouco mais escreverei.


Deixo uma imagem que revela bem como me sinto hoje...


Tags Silenciosas...: , ,

publicado por Jv às 16:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |

Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O Grande silêncio...

rbobson@sapo.pt

Tags Silenciosas...

todas as tags

Falou e disse...

Silêncios arquivados

Visitantes Silenciados...

Pesquisa neste silêncio

 

links Silenciosos

subscrever feeds