Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Futebol

Não vi o jogo Benfica X Porto, do passado Domingo, mas li, vi e ouvi depois as atrocidades que aconteceram antes, durante e depois do jogo.

Existem adeptos de certos clubes de futebol, que são autênticos animais. E andam metidos nestes agrupamentos sociais, que são as claques de futebol, não com o propósito de apoiar o seu clube, ou ver os jogos, ou até criar amizades, desenvolver horizontes pelas viagens, mas sim com o propósito de  roubar, matar, destruir, aterrorizar e dar asas à selvajaria que lhes corre pelo sangue.

Sou adepto de futebol e até de um clube da capital, mas fico estupefacto quando reparo nas claques de futebol, em pleno estádio, depois de terem pago 20, 25, 50 Euros por um bilhete, estarem de costas a cantar, aos saltos, a arrancar cadeiras, pegar fogo às que não conseguiram arrancar, provocar as forças policiais e os adeptos dos outros clubes.

Ouvir cânticos de apoio, são cada vez mais raros, pois o que se ouve é mais conselhos altruístas de mandar alguém do outro clube para o 'caral...', ou cantar que 'quem não salta é qualquer coisa...' ou ainda chamarem 'filho da p...' ao guarda - redes, no momento de marcar um mísero pontapé de baliza.

Bebem bebidas alcoólicas em exagero, drogam-se, ameaçam pancada uns aos outros, gritam palavras de ordem relacionadas com 'morte' ou com 'radicalismo'.

E tudo em prol do... como é que se chama mesmo o clube?

O que quero dizer com isto é que o conceito de passear e ir ver um espectáculo de futebol desapareceu por completo.

Eu não vou ao futebol desde 2000, pois acho que há muita falta de segurança no futebol. E o mais engraçado é que eu não gosto das claques organizadas do meu clube. Não gosto mesmo. Porque o objectivo já não é verem o jogo de futebol, ou até apoiar a equipa, mas sim, despojar os sentimentos belicosos, através de uma ponta - e - mola, de uma soqueira, ou de um bastão de madeira que passou no controle de entrada, matando assim o futebol, o espectáculo e a 'magia' de ir com a família ver o clube mais lindo português.

As verdadeiras variantes do futebol são a vitória, o empate e a derrota e não se há ou não há pancadaria, se é ou não é seguro ou se posso ou não posso levar o meu fiho...

Acho qua ainda vamos a tempo, de mudar. Desde que haja vontade, podemos sempre mudar...

Hoje estou: Ontem foi dose dupla!
Silêncio da Música: Hino do meu clube
Tags Silenciosas...:

publicado por Jv às 09:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
1 comentário:
De Nuno Marques a 4 de Abril de 2007 às 00:49
Realmente as claques já deixaram de ser o que eram,passam mais tempo nos insultos e nas parvoices do que no apoio á sua equipa!
Assim...NÃO!!


Comentar post

Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O Grande silêncio...

rbobson@sapo.pt

Tags Silenciosas...

todas as tags

Falou e disse...

Silêncios arquivados

Visitantes Silenciados...

Pesquisa neste silêncio

 

links Silenciosos

subscrever feeds