Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Insignificância

Nós somos insignificantes,

Julgando-nos o centro,

Embora por instantes,

Só nos reste o degredo.

 

A inteligência não serve,

Para saber o que fazemos,

E o cérebro ferve,

Sem saber o que dizemos.

 

Olhamos o infinito,

Pensando ser moda,

E damos um grito,

Para fugir a esta roda.

 

Esta horrível leveza do ser,

Transporta-nos além real,

E faz-nos então querer,

Fugir ao que é banal.

 

A tristeza desta vida,

É o que os outros nos fazem,

Por mais que nos digam ainda,

Que nos amem…

Rbobson

Tags Silenciosas...: , ,

publicado por Jv às 21:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O Grande silêncio...

rbobson@sapo.pt

Tags Silenciosas...

todas as tags

Falou e disse...

Silêncios arquivados

Visitantes Silenciados...

Pesquisa neste silêncio

 

links Silenciosos

subscrever feeds