Terça-feira, 26 de Junho de 2007

A música que somos

Os meus caros leitores já devem de se ter interrogado:

"...Mas porque raio é que ele escolheu para momento musical/ silencioso da semana o José Cid...?"

Calma... eu explico: é que essa música expressa o que se passa na minha vida actual e expressa o que eu sinto!

Quando alguém ou algo é um 'grande amor' na nossa vida e um dia isso acaba... é José Cid!

Digamos que o José Cid tem cantado directamente no meu ouvido... tem estado comigo no banho e até nos meus afazeres diários...

Creio que tudo começa e um dia tem um fim: A vida... o Amor... um emprego... uma surra... um jogo de futebol... um grande almoço... uma música... uma moda... um deserto... um susto... um pesadelo... um estado de graça... enfim, tudo na vida.

E na minha vida existe uma era a terminar (coisa de que falarei aqui, no tempo certo e nos propósitos necessários), por isso achei por bem colocar essa música e até no meu nick no Messenger tenho o refrão desta música...

Como momento de humor silencioso... tenho alguém a dar-me as indicações para seguir na minha vida... e ele bem diz: "Segue, segue, segue, segue, segue, vira e corta... não, enganei-me, segue, segue, segue..."

Estes momentos até são bons. Termina uma fase. Começa outra, de preferência melhor e mais profunda.

E as palavras dos outros, escolho-as eu... muita coisa é falada e será ainda mais falada e até escrita, mas só o que realmente interessa eu guardo, porque o resto, leva-as o vento por natureza...

Enquanto isso, vou ouvindo o José Cid, vou dizendo 'adeus' e seguir em frente, pois ainda tenho muito para viver, para sonhar, para vencer e para conquistar.

 

 

Hoje estou: a olhar o futuro...
Silêncio da Música: Mas ainda é preciso dizer????
Tags Silenciosas...:

publicado por Jv às 09:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |
3 comentários:
De Morsa a 26 de Junho de 2007 às 16:11
Às vezes tem que ser assim... Uns dias semeiam-se ventos pra colher tempestades outros semeia-se sementes para colher frutos!

Tudo irá correr bem, eventualmente!

Um abraço

E parabéns atrasados já agora...


De Raquel a 26 de Junho de 2007 às 23:28
Meu querido amigo, e trato-o com esta ousadia, porque é assim que, O sinto, bem sabe que me ajudou imenso, com todas as conversas que tivemos...Deus o abençoe. Sempre me tratou muito bem...tudo na esfera da amizade é claro. Não sei o que se passa, mas prevaleça até ao fim... não abandone o barco...até porque Deus..tudo transforma...Ele tem poder para tornar o deserto num belo oásis!!! O Teu Melhor, ainda vai vir ao e cima!!! Beijinhos.....


De Jv a 28 de Junho de 2007 às 02:43
Abandonar o barco? Qual barco, amiga?
A Ele nunca abandonarei...

Beijinhos!


Comentar post

Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O Grande silêncio...

rbobson@sapo.pt

Tags Silenciosas...

todas as tags

Falou e disse...

Silêncios arquivados

Visitantes Silenciados...

Pesquisa neste silêncio

 

links Silenciosos

subscrever feeds